Receba nossos materiais, e-books e novidades

Referências da música sertaneja se encontram em Goiânia em evento histórico

21 set 2018 - Blog
“Música sertaneja”, aquela produzida e consumida na área cultural caipira | Foto: reprodução

“Música sertaneja”, aquela produzida e consumida na área cultural caipira | Foto: reprodução

“No rancho fundo, bem pra lá do fim do mundo…”, onde nasceu essa e tantas outras belas canções da música sertaneja raiz fazem deste gênero musical uma das mais importantes para a cultura do país. O termo sertanejo, do qual a expressão “música sertaneja” deriva, significa o habitante do sertão nordestino ou, nos termos atuais, se refere àquela produzida e consumida na área cultural caipira.

Surgido em 1910, o pioneiro desse gênero foi o jornalista e escritor Cornélio Pires que costumava trazer aos grandes centros os costumes na roça através de histórias e narrativas. O primeiro momento público e musical do gênero sertanejo foi durante a Semana da Arte Moderna em 1922, quando a arte brasileira ganhou evidência e instrumentos simples como a viola caipira, misturada com alguns ritmos como Catira, Moda de Viola, Lundu, Cururu, valorizaram a cultura sertaneja raiz em versos e prosas.

Violas são um dos principais símbolos da música sertaneja | Foto: reprodução

Violas são um dos principais símbolos da música sertaneja | Foto: reprodução

 

De lá pra cá, surgiram vários nomes importantes da música sertaneja, como Tonico e Tinoco, que falavam do universo sertanejo numa temática essencialmente épica, muitas vezes satírico-moralista. Até os anos 60, a música sertaneja típica descrevia a dureza da vida no sertão e o caráter reservado do sertanejo. A temática foi ficando gradualmente mais amorosa, conservando, no entanto, um caráter autobiográfico nas vozes de grandes artistas como Tião Carreiro e Pardinho e, já na década de 70, Milionário e José Rico.

Mas a fase perdurável da música sertaneja foi quando os cantores deixaram o coração falar. O lado romântico veio junto com a “Jovem Guarda”, que trouxe nomes como Sérgio Reis para gravar repertório tradicional sertanejo, contribuindo para a penetração mais ampla do gênero. Nesta modalidade de música sertaneja, artistas criam canções em ritmo de balada e narrativas que tratavam principalmente de amor e relacionamentos, uma clara inspiração urbana que caiu eternamente no gosto popular. Entre os artistas representativos desta última tendência estão Chitãozinho e Xororó, Leandro e Leonardo, Zezé di Camargo e Luciano, Christian e Half, Trio Parada Dura, Chico Rei e Paraná e Roberta Miranda.

Imagem: divulgação

Principais nomes da música sertaneja se apresentam em Goiânia | Imagem: divulgação

E para relembrar esses momentos da história da música sertaneja no Brasil, grandes referências do sertanejo na atualidade se reúnem pela primeira vez neste sábado, dia 22, para um evento histórico, no Estádio Serra Dourada, em Goiânia. O espetáculo “Histórias – O Show do Século”, idealizado pela agência Box Dream, cliente da Interativa Comunicação e Eventos, vai reviver a cultura sertaneja e os principais sucessos na voz dos cantores Zezé Di Camargo & Luciano, Eduardo Costa, Leonardo, Chitãozinho & Xororó, Edson & Hudson e Bruno & Marrone.

Para agitar ainda mais este encontro, quem chega imponente para apresentar o espetáculo é o famoso locutor de rodeio Cuiabano Lima, outra grande referência pra cultura sertaneja. E o evento estará cheio de surpresas. Com um palco diferenciado, a história da música sertaneja será cantada através da interação entre os cantores, compartilhando as vivências dos próprios artistas, além de muitos efeitos especiais. Haverá ainda surpresa para os cantores, espetáculo de fogos de artifício e interações no palco durante o intervalo dos shows.

Com a realização desse evento em Goiânia, mais histórias da música sertaneja raiz poderão ser contadas daqui para frente, principalmente por nós, da Interativa Comunicação e Eventos, que estamos trabalhando diretamente com a organização!


Compartilhe
Ana Paula Moraes
Sobre Ana Paula Moraes

Coordenadora da Interativa Comunicação e Eventos. É Relações Públicas, especialista em Marketing e Comunicação e Mídias Digitais. O seu hobby é viajar, conhecer pessoas e trocar experiências. Além disso, é uma goiana autêntica, adora frango caipira com pequi e botecar.

k

Interativa Comunicação ® 2015; Todos os direitos reservados.