Receba nossos materiais, e-books e novidades

10 sugestões para sair bem numa entrevista de TV

12 jul 2016 - Blog
5869334629_145dc283e8_b

É preciso muita preparação para se sair bem em uma entrevista pela TV

Conhecida como a “mídia das mídias”, a TV é o meio mais poderoso para a construção do espaço público e para difundir o consenso. A hegemonia da TV frente aos outros meios, mesmo com o avanço das mídias digitais, permanece incontestável. Ele se explica pelo fato de mobilizar audiências grandiosas. Ou seja, os números são incomparáveis.

Em virtude dessa penetração nos lares, o noticiário (especialmente o econômico-financeiro) pauta-se pela simplificação dos temas. Os fatos abordados pelo noticiário de TV são aqueles que mobilizam o maior número de pessoas, como índices de inflação, imposto de renda, caderneta de poupança, entre outros. A TV utiliza linguagem rápida, objetiva e um ritmo dinâmico. É por isso que as matérias exibidas possuem no máximo 1m30s.

É comum as TVs possuírem em suas grades programas jornalísticos especializados e de entrevistas. Geralmente, eles são fora do horário nobre, mas, mesmo assim, possuem ótima audiência. Esses programas utilizam-se de fontes qualificadas – presidentes, diretores e executivos de empresas. Tratam de assuntos da atualidade. Você se sente preparado para participar de um programa como esse?

Se a resposta for não, ou mesmo se você ficou em dúvida, confira algumas dicas que preparamos que vão dar mais segurança na hora em que você for chamado para participar de uma entrevista em TV ou de um programa especializado neste meio.

1. Informe-se, com antecedência, sobre o tema que será abordado e o contexto da entrevista. Tenha à mão um perfil do veículo, do programa e do jornalista. Este é um trabalho que a Assessoria de Imprensa faz para o seu assessorado.

2. Defina, junto com a sua Assessoria de Imprensa, quais são as mensagens-chaves que você poderá utilizar durante a entrevista. Venda o seu “peixe”, mas de maneira sutil, sem se desviar da pauta original.

3. Apresente uma ideia em cada frase, evite apostos e termos técnicos em excesso. Use sentenças curtas e objetivas. Evite divagações. Atenha-se à pergunta do jornalista.

4. Fale e gesticule com naturalidade. Procure sentir-se como se estivesse numa conversa informal. Olhe sempre para o jornalista. Mantenha uma expressão facial positiva. Sente-se numa posição em que se sinta confortável.

mediatraining

5. Evite emitir opiniões pessoais. Lembre-se: você representa uma pessoa jurídica (empresa, associação, sindicato, órgão público), foi nesta condição que você foi convidado pelo jornalista. Por isso, fuja de expressões vagas, tais como: “eu diria que”, “acho”, “ééé”, “hum”.

6. Levante números relevantes que possam contribuir para reforçar o que você está afirmando. E mais uma vez: não se canse de reforçar as mensagens que você quer transmitir.

7. Na TV, “a imagem fala”. Portanto, tenha cuidado para que sua postura não traia o conteúdo do seu discurso (rir, franzir a testa, movimentação excessiva, suspiro, entre outros). São gestos que podem revelar insegurança ou mesmo incômodo. Evite falar muito alto ao microfone. Lembre-se: o microfone é do repórter e fica nas mãos dele.

8. Esqueça a câmera. Fale através dela, com quem está sendo do outro lado, vendo e ouvindo. Esqueça também o microfone. Só não esqueça do que vai falar (dica do jornalista Heródoto Barbeiro).

Fotolia_46033875_Subscription_XXL_1.jpg

9. A roupa deve ser discreta a ponto de não desviar a atenção do telespectador. Deve estar adequado ao programa, ao público-alvo e ao horário que é levado ao ar. Por isso, o indicado para homens é terno e gravata; mulheres devem usar roupa discreta. Evite brilhos e paetês, assim como listras finas ou padrões em xadrez.

10. É normal para os homens o uso do pó antes de entrar no ar. É para impedir o brilho no rosto, produzido pelo suor. Evite penteado exótico. Ele pode despertar mais interesse que o conteúdo da fala do entrevistado.

Créditos das imagens: Visual Hunt


Compartilhe
Cristina Mattos
Sobre Cristina Mattos

Diretora-Executiva da Interativa Comunicação e Eventos. Seus principais hobbies são viagens e montar arranjos de planta; é jornalista, pós-graduada em Marketing e responsável pela área de Eventos da empresa.

Buscar no Site

Mais Vistos

k

Interativa Comunicação ® 2015; Todos os direitos reservados.